Zinco. Onde devemos procurar e por que é tão importante?

O zinco é um dos microelementos mais importantes para o funcionamento ideal do corpo.

O nosso corpo não pode armazenar zinco, por isso é um dos nutrientes que devemos receber através da nossa dieta.

As suas principais funções são:

  • É um componente estrutural de proteínas, hormonas, recetores hormonais
  • Participa na cicatrizarão de feridas e no crescimento do corpo
  • É necessário para o bom funcionamento do sistema imunológico
  • A deficiência de zinco pode levar a uma diminuição do paladar e do olfato
  • Reduz o stress oxidative e as reações inflamatórias no corpo
  • Mantém o bom funcionamento de hormonas sexuais, principalmente a testosterona
  • Afeta a saúde da pele, pois a sua deficiência pode causar acne
  • Participa no metabolismo de carboidratos, o que significa a prevenção da resistência à insulina e diabetes tipo 2
  • Mantém o funcionamento normal da tiróide.

Então, onde devemos procurar zinco?

Em primeiro lugar na comida. Deve conter sempre alimentos ricos em zinco.

  • Frutos do mar ostras, mexilhões, caranguejo, lagosta
  • Peixe sardinha, família do salmão
  • Carne e seus coprodutos vitela, carne bovina, peru, frango
  • Legumes lentilha, grão de bico, ervilha, feijão preto
  • Nozes e sementes, especialmente sementes de abóbora, sementes de cânhamo, castanha de caju
  • Ovos
  • Produtos lácteos tipos de queijo duro e envelhecido
  • Cereais quinoa, aveia, arroz selvagem
  • Alguns vegetais cogumelos, espargos, couve

Lembrar que o zinco é mais biodisponível e mais fácil de absorver pelo organismo a partir de produtos de origem animal, do que os derivados de plantas. Uma vez que este último contém substâncias que retardam a absorção de zinco.

Em caso de deficiências graves, é necessário consultar um médico ou farmacêutico. Não tome suplementos de zinco por conta própria.

Beber álcool reduz muito o zinco no organismo.