Libido, causas, alterações e dicas

O que é, causas da sua alteração e dicas para o seu aumento

Libido é a manifestação da sexualidade, refere-se ao desejo sexual, instinto do ser humano; no entanto, ela pode ser influenciada por questões físicas ou emocionais, e, por isso, sofrer alterações, podendo encontrar-se aumentada ou diminuída em algumas pessoas, em determinadas fases das suas vidas.

As hormonas que controlam a libido são a testosterona nos homens e o estrogênio nas mulheres – assim, é normal que a mulher tenha maior ou menor interesse sexual consoante os períodos do mês, vendo normalmente a libido mais aumentada durante o seu período fértil.

Quando a libido diminui

Há várias razões que podem explicar a falta de libido, das quais se salientam as seguintes: 

  • Diminuição das hormonas que controlam o desejo sexual
  • Uso da pílula anticoncepcional
  • Traumas emocionais
  • Doenças como anemia, cirrose e hipotiroidismo
  • Stress, ansiedade ou depressão
  • Impotência sexual
  • Menopausa
  • Problemas no relacionamento
  • Uso de medicamentos como ansiolíticos e antidepressivos
  • Dor durante a relação sexual

Nas mulheres, a falta de libido também pode ser causada pela dificuldade em atingir o orgasmo ou em ficar excitada, o que dificulta o contato íntimo devido à falta de lubrificação da vagina, levando à dor durante a relação sexual.

Como aumentar a libido

Uma dica que pode ser útil prende-se com a alimentação, devendo consumir-se mais alimentos que melhoram a circulação sanguínea como atum e sementes de chia – dessa forma o sangue passa com mais facilidade pelos vasos sanguíneos, facilitando a excitação.

No caso de ter ocorrido algum trauma emocional que tenha afetado a libido, a melhor solução é procurar o tratamento com um psicólogo ou psicanalista, para que as causas emocionais sejam tratadas e o desejo sexual possa aflorar. Combater a ansiedade e o stress também ajuda a aumentar, assim como melhorar a auto-estima e praticar exercício físico.